Dia de S. Francisco Xavier

Hoje festejamos S. Francisco Xavier, Apóstolo do Oriente, Padroeiro das Missões e Padroeiro da nossa Paróquia.

Apesar de ser segunda-feira, haverá uma Missa às 18h30 para assinalarmos a efeméride.

Por isso, recordamos o texto publicado no nosso site sobre a Vida e Obra do nosso Padroeiro.

 

Francisco Xavier nasce perto de Pamplona, Espanha, a 07 de Abril de 1506, quinto filho de D. João de Jassu, Senhor de Xavier e Ydocin, e de Dona Maria de Azpilcueta e Xavier. Aos 19 anos está em Paris, instalado no Colégio de Santa Bárbara, a estudar Humanidades. Forma-se depois em Filosofia e Teologia pela Sorbonne.

Aí conhece Inácio de Loyola que viria a ser fundador da Companhia de Jesus. Torna-se seu amigo e seguidor.

A 15 de Agosto de 1534, na Capela de Montmartre, faz votos de pobreza e castidade perpétua. Recebe as Ordens Sacras em Veneza a 24 de Junho de 1537, seguindo depois para Roma onde se põe à disposição do Papa para o serviço da Igreja. A 15 de Março de 1540 parte de Roma com destino a Lisboa, onde chega três meses depois.

Enviado pelo Papa Paulo III, era a resposta de Roma aos apelos veementes do Rei de Portugal, D. João III, preocupado com a evangelização da Índia e a dilatação da Fé no Oriente.

 

De Portugal para o Oriente

Chegado a Lisboa, o Pe. Francisco Xavier refugia-se no Hospital de Todos-os-Santos onde de imediato se dedica aos enfermos e ao ensino da doutrina cristã. Ganha em pouco tempo a percepção do universalismo dos portugueses e de Lisboa larga, a 07 de Abril de 1541, na armada das índias, para ser Apóstolo e Santo. Antes da partida, o Rei D. João III entrega-lhe o Breve Papal nomeando-o Núncio Apostólico nas Partes da índia, com amplos poderes para estabelecer e manter a Fé em todo o Oriente.

Depois de uma breve passagem em Moçambique, chega a Goa a 06 de Maio de 1542. Logo se apresta a ir oferecer os seus serviços a D. João de Albuquerque que pastoreia a Diocese de Goa, na altura a mais dilatada da Cristandade. Rapidamente se apercebe de uma vida religiosa local muito precária, e carenciada de assistência. Os pouco mais de dez anos que se seguem até à sua morte, vai vivê-los de forma febril, andando por terra e por mar, sem nunca parar, num frenesim constante a espalhar a palavra Divina, a levar a Boa Nova.

Logo em Outubro de 1542 parte para o Sul da índia a evangelizar os pescadores da Costa da Pescaria. Visita Comorim, Manapar e Tuticorim. Em Outubro de 1543 regressa a Goa. Fundada canonicamente a Companhia de Jesus, o Padre Francisco Xavier é nomeado Superior de toda a Missão da índia Oriental, desde o Cabo da Boa Esperança até à China. Volta à Costa da Pescaria. Visita depois Cochim, Malaca, as Molucas, Macassare, Ceilão. Ensina, baptiza, e concilia príncipes desavindos.

 

Morte em Sanchoão

A 15 de Agosto de 1549, via Cochim e Malaca e navegando pelos mares da China, chega a Kagochima, na costa meridional do Japão. De regresso a Cochim envia cartas ao Rei D. João III. Solicita-lhe reforços missionários. Tentando a missionação na China, para lá se dirige a bordo da nau Santa Cruz. Em Singapura volta a escrever a D. João III. Em Setembro de 1552 desembarca na Ilha de Sanchoão, a dez léguas da Ilha de Macau, na China.

Aí adoece gravemente. Sofrendo vertigens e convulsões, minado por febres devoradoras, cheio de privações, morre só e pobre na noite de 2 para 3 de Dezembro de 1552. Havia percorrido milhares de quilómetros, cruzado várias vezes os mares do Índico e do Pacífico, visitado mais de cinco dezenas de reinos, fundado Igrejas, reorganizado as missões.

Exemplo de humildade e de solidariedade cristã, de amor ao próximo e de evangélica pobreza, era venerado por milhões de pessoas de todas as condições sociais, de todas as idades, de todas as etnias. A fama de Santo, o "Santo de Goa", tinha chegado a toda a parte, as suas virtudes eram exaltadas.

Em 17 de Fevereiro de 1553 o seu corpo é removido e levado para Malaca e daqui para Goa, onde chega a 16 de Março de 1554. A recebê-lo, numa impressionante manifestação de Fé, estão o Vice-Rei, o Clero, a Nobreza e o imenso Povo.

 

A subida aos altares

A devoção de que já gozava em vida vai crescer extraordinariamente depois da morte. Os seus milagres tornam-se conhecidos.

A 25 de Outubro de 1605 Francisco Xavier é beatificado por Paulo V e Gregório XV canoniza-o a 12 de Março de 1622. A

24 de Fevereiro de 1748 Bento XIV proclama-o Padroeiro do Oriente.

Em 1904 Pio X coloca sob a sua protecção a Sagrada Congregação da Propagação da Fé. Em 1927, Pio XI constitui-o, com Santa Teresa do Menino Jesus, protector de todas as obras missionárias.

O seu corpo repousa numa riquíssima urna de prata, na Basílica do Bom Jesus, na Velha Goa.

Para lá se dirigem todos os anos milhares de peregrinos, crentes e mesmo não crentes, venerando o "Homem Bom", o Apóstolo incansável.

A Igreja festeja-o todos os anos no dia 3 de Dezembro.

O nosso presépio

O Presépio da nossa Paróquia foi inaugurado hoje, véspera do Primeiro Domingo do Advento.

Está magnífico, como podem ver pelas fotografias... mas o melhor é mesmo vê-lo na nossa Igreja Paroquial.

Foram meses de trabalho de uma equipa de verdadeiros artistas, Manuel Orlando Pereira, Emanuel Berenguel e Agnelo Fernandes, que estão de parabéns.

Assinalando a entrada no Advento, também a estrela, remodelada, está colocada, bem visível, no muro do adro da nossa Igreja.

 

Escuteiros de Belém convidam

Os Escuteiros do Agrupamento 80, de Belém, convidam os jovens da Paróquia de S. Francisco Xavier a inscreverem-se e participarem nas suas actividades.

Aqui fica o convite: "Se gostas de aventura, espírito de equipa e de aprender mais, então os escuteiros do 80 Belém são o lugar ideal para ti! Um agrupamento que já conta com 38 anos de história, onde o crescimento pessoal dos jovens é um grande objectivo. As reuniões são ao Sábado à tarde, na Capela de Nossa senhora das Dores (Rua do Embaixador).

Não percas mais tempo e junta-te a nós!

Mais informações em Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar FB: CNE80BELEM"

Festa de S. Francisco Xavier

A Festa de S. Francisco Xavier, Padroeiro das Missões e Padroeiro da nossa Paróquia, é assinalada no dia 03 de Dezembro, segunda-feira, com a celebração da Missa, às 18h30.

Aniversário da Ordenação Sacerdotal do Prior

Na próxima  terça-feira, dia 27 de Novembro, celebram-se os 41 anos da Ordenação Sacerdotal do nosso Prior, Cónego José Manuel Ferreira.

Para quem puder participar nesta celebração, há Missa às 19h00 na Igreja dos Jerónimos, seguindo-se um breve momento de convívio, na sacristia.
Aos que  se quiserem associar com uma oferta, agradecemos que o façam deixando-a num envelope e entregando-a durante a celebração da Santa Missa com a indicação exterior "Aniversário da ordenação do Rev. Sr. Prior".